Sistema de Gestão x COVID-19

Os organismos de acreditação (Ex.: INMETRO, UKAS, ANAB etc.) e de certificação (Ex.: SGS, Bureau Veritas, BSI, DQS, DNV etc.), bem como a International Automotive Task Force - IATF (IATF 16949) e a Associação Brasileira da Indústria Química - ABIQUIM (SASSMAQ), estão postergando por até 6 meses as auditorias de certificação, manutenção/verificação, recertificação e especiais. Outras medidas tomadas são a adoção de auditorias remotas (à distância) e até o cancelamento das auditorias.


As entidades estão seguindo as próprias orientações (IATF e ABIQUIM) e/ou orientações estabelecidas no ID3: 2011 (Documento Informativo da IAF para Gerenciamento de Eventos Extraordinários ou Circunstâncias que Afetam Organismos de Acreditação, Organismos de Avaliação de Conformidade e Organizações Certificadas).


Os períodos de transição da ISO 22000 e ISO 50000 foram prorrogados em 6 meses.


O prazo de transição da OHSAS 18001 para a ISO 45001 também foi estendida para 30 de setembro de 2021.


Como primeiro passo neste momento, as empresas que possuem sistema de gestão devem:


1 - Elaborar documento para planejar e gerenciar as mudanças que foram ou serão tomadas. Lembrando que estas devem estar alinhadas aos riscos e oportunidades;

2 - Entrar em contato com organismo de acreditação / certificação para planejar as próximas auditorias;

3 - Realizar a análise crítica da Alta Direção, bem como do contexto da organização e a necessidade de partes interessadas;

4 - Comunicar o Órgão Ambiental sobre a paralisação das atividades e verificar se as entidades alteraram a validade ou procedimento de renovação de documentos legais (Ex.: AVCB, Licença de Operação, CIPP etc.);

5 - Onde necessário, elaborar ou revisar os documentos do Sistema de Gestão (Manual, Procedimentos, Instruções de Trabalho etc.) e capacitar os envolvidos.


Todas as etapas acima valem para todas as empresas, das mais às menos impactadas.


Caso tenha dúvida, entre em contato!

10 visualizações